Saindo no jornal



No outro dia, na mansão Potter



Harry e Gina tomam o café da manhã enquanto esperam as corujas com os jornais matinais, o casal sabe que Hermione e Draco iriam dar uma entrevista e que isso provavelmente será assunto, pelo menos nos jornais que gostam deste tipo de matéria.



Harry olha para a esposa. Ela está calada, mas ele sabe que Gina também está curiosa, seu olhar insistente em direção à janela diz isso. Ele sabe que a ruiva conversou com Hermione e disse que seria uma boa ideia que a entrevista fosse feita e Harry sabe também que se as coisas não saírem como a sua esposa previu, ela ficará bem chateada.



Suas conjecturas vão ficar pra depois, pois neste momento algumas aves são vistas ao longe. É hora de saber como Draco e Hermione se saíram...



XXXXX



Quase ao mesmo tempo, na casa de Rony Weasley



Rony acabou de acordar. Ele tateia o lado da cama para perceber que está vazio, provavelmente Pandora está preparando o seu café da manhã. Ele pensa e sorri pensando na sorte que teve em achar uma esposa como ela. Apesar da espanhola ser um pouco pegajosa quando estão em público e do seu gênio latino explosivo, Rony tem consciência de que ela é uma mulher como poucas, tanto na questão doméstica quanto, digamos, na questão sexual.



Ele se prepara para se levantar quando Pandora entra no quarto em um rompante, Rony já conhece a sua esposa bem o suficiente para saber que algo aconteceu, algo que definitivamente não deixou a sua esposa satisfeita. O semblante furioso da espanhola que vai em sua direção com um exemplar do profeta diário lhe diz isso...



XXXXX



Na mansão Malfoy



Hermione acorda depois de uma noite tranquila, por um momento ela não sabe direito onde está até que se dá conta que está nos braços do loiro. Então ela se lembra da loucura que foi o dia anterior com todos aqueles repórteres, até agora a morena ainda não acredita que foi capaz de enfrentar os abutres da imprensa, em especial aquela mulher asquerosa. Ela olha para o loiro, Hermione sabe que se não fosse por ele, ela não teria conseguido. O aperto firme de Draco em sua mão lhe deu a coragem necessária para fazer o que tinha que ser feito. Hermione se lembra dele dizendo que tudo iria ficar bem e por incrível que pareça ela acredita nisso firmemente.



Ela se aconchega em seus braços aproveitando o restinho da manhã antes que eles sejam jogados no mundo real. Embora não tivessem feito amor na noite anterior, ela se sente satisfeita. É como se os braços do sonserino arrogante fossem o seu porto seguro, ela pensa com um sorriso. Isso a conforta e a assusta, ela tem que admitir.



- Bom dia... – o loiro fala com a voz ainda rouca pelo sono – dormiu bem? Está com fome?



- Bom dia – ela diz sorrindo – sim para as duas perguntas – ela responde enquanto se levanta seguida pelo loiro – eu devia ir pra casa...



- Claro que não! – Draco diz fazendo um movimento de varinha com as mãos, ele pega as suas roupas e começa a vestir – primeiro vamos tomar café e dar uma olhada nos jornais, eu prefiro que você faça isso perto de mim.



- Você acha que pode ter alguma coisa que vá me chatear? – ela pergunta preocupada.



- Talvez – o loiro fala, ele a encara – você conhece aquela mulher melhor do que eu. Não duvido que ela vá fazer alguma coisa que te deixe chateada – ele segura a sua mão – lembra que eu disse que vou dar um jeito nisso? – ele vê que ela assente com a cabeça – então lembre-se disso na hora que formos ver as notícias, ok. De uma forma ou de outra vai dar tudo certo, vai dar certo porque nós vamos fazer dar certo – ele se levanta – agora vamos tomar café e depois vemos o que aconteceu.



- Não sei se aguento esperar – ela retruca – vamos acabar logo com isso.



- Ah não – ele diz – eu te conheço, se tiver alguma coisa que te aborreça, você vai perder a fome – ele vê Hermione rolar os olhos – sem discussão, nosso filho deve estar com fome.



Hermione se levanta com um suspiro, pra falar a verdade ela realmente está com fome e pelo que ela conhece dos elfos da casa, haverá um banquete matinal a sua espera – tudo bem – ela diz – primeiro o café da manhã...



XXXXX



Na casa de Harry Potter



Gina e Harry folheiam os jornais matinais. Não é hábito do casal partir diretamente para as colunas de fofocas, mas hoje é isso que eles fazem, ambos leem atentamente cada palavra sobre o casal inusitado.



- Podemos dizer que eles foram bem – Harry diz depois de passar os olhos pelas manchetes – a maioria dos jornais foi bem simpático com o novo casal – ele diz fazendo aspas com os dedos.



- Sim – Gina diz ignorando deliberadamente a ironia do marido, ela sabe mais do que ninguém o quanto a expressão novo casal está próxima da verdade – não foi tão ruim. Eles vão saber lidar com isso, é só questão de prática.



Mas antes que Harry possa responder, eles vêem uma figura ruiva na lareira. Uma figura ruiva e muito furiosa...



XXXXX



Na mansão Malfoy



Após um desjejum onde os pratos favoritos da morena foram servidos, Draco e Hermione folheiam os diferentes jornais e vêem aliviados que a maioria tem uma posição bastante simpática ao casal. Eles dizem a maioria porque ainda não pegaram o Profeta Diário, eles o deixaram por último porque no fundo o casal sabe que a famigerada repórter não iria deixar barato ver seus planos frustrados.



A morena pega o exemplar e olha para Draco, ele faz um sinal de concordância, então Hermione respira fundo e começa a leitura:



- Ontem fomos chamados à mansão Malfoy e presenciamos uma cena tocante, meus caros leitores. Sim, esta repórter que vos escreve teve o prazer de testemunhar Draco Malfoy e Hermione Granger assumirem diante de toda imprensa presente que eles são o mais novo casal do momento e mais ainda, que em algumas semanas, eles serão os felizes papais de um bebê novinho em folha...



- É impressão minha, ou noto um pingo de sarcasmo? – ela pergunta intrigada.



- Não é impressão, mas se for apenas isso é o de menos – o loiro diz – continue.



Hermione continua – e para aqueles que ainda não mataram a nossa charada, esse é o nosso casal bombástico que decidiu sair das sombras e assumir o romance. Para os leitores decepcionados com o fim do nosso concurso, eu tenho boas notícias, este jornal vai continuar dando assinaturas grátis para as fotos inéditas que vocês amados leitores nos enviarem do casal. Então, mãos a obra...



- Não adiantou nada – a morena diz desanimada – a perseguição vai continuar, e agora? – ela olha para o pai do seu filho.



- Calma – Draco diz. Ele, como bom sonserino, já havia previsto que algo assim poderia acontecer e como um bom sonserino, ele tem um plano.



- Agora nós vamos seguir com as nossas vidas, eu vou dar um jeito nisso, eu prometo. Vai ser meio estressante no início, mas eu juro que não vai durar muito.



- Como você pode ter tanta certeza? – a morena diz meio cismada – você pensou em alguma coisa?



- Tenho umas ideias aqui e ali – ele diz de modo enigmático...



XXXXX



Na casa de Harry Potter



Harry e Gina observam a feição do ruivo. É evidente que aconteceu alguma coisa e pelo horário deve ter sido algo com Pandora, Rony parece muito contrariado, mais ainda, seu semblante mostra que ele está decepcionado.



O casal observa em silêncio, eles conhecem o ruivo o suficiente para saber que ele precisa de um tempo, não é do seu feitio ficar calado, eles já conhecem bem as explosões dele então se ele ainda não se pronunciou é porque algo realmente grave aconteceu.



Então o ruivo respira fundo, ele vai contar o que aconteceu...



XXXXX



Na casa de Rony Weasley, há cerca de uma hora.



Rony olha para a esposa enquanto faz uma rápida revisão mental, tentando achar algo que pudesse deixar a sua esposa tão brava. No entanto, ele não consegue lembrar nada que pudesse deixar a sua esposa nesse estado, além disso, o ruivo sabe que Pandora não consegue guardar as suas raivas para depois, se algo tivesse acontecido no dia anterior, ele com certeza já teria sido informado. Mas ele acabou de acordar, então o que ele poderia ter feito?



O ruivo respira fundo e espera. Ele já aprendeu que perguntar o que aconteceu nunca é uma boa ideia, então ele apenas a encara e espera a explosão que não tarda.



- Eu estava preparando o café quando a coruja chegou com o jornal e quando eu fui dar uma olhada nas manchetes, veja a minha surpresa – ela diz e literalmente atira o Profeta Diário no marido.



Rony pega o jornal, ele não precisa folhear muito para ver o que deixou Pandora chateada. A coluna de Rita Skeeter anuncia com letras garrafais o envolvimento entre Draco e Hermione. Gina já o havia preparado para isso e embora o ruivo não concordasse, ele teve que admitir que isso era necessário para que a sua amiga pudesse levar a sua gravidez tranquilamente. Então ele não deu muita importância para o assunto.



- Ah isso? – Ele diz – eu não sabia que iria sair hoje – o ruivo olha para a esposa enquanto explica esperando que ela também lhe explique o motivo da fúria.



- E o senhor não achou por acaso que eu deveria saber disso? – ela diz – a sua esposa não deveria ser informada? – ela grita descontrolada.



- Pandora – ele fala em uma tentativa de acalmá-la, só o que faltava era um ataque de ciúmes porque ele não contou a ela sobre Hermione e Draco – não era um segredo meu para contar, eu não posso sair simplesmente contando as coisas das outras pessoas por aí...



- Por aí? – ela repete aos berros – eu sou a sua esposa! Você não está contando as coisas por aí quando conta para a sua mulher! Eu tinha que saber! Você tinha a obrigação de me falar!



O ruivo respira fundo. Ele já presenciou outros arroubos da espanhola, mas nenhum com essa proporção – Pandora – ele faz uma tentativa de argumentar – tente entender...



- Não! – ela interrompe elevando mais ainda o tom da sua voz – eu não tento entender e eu não tenho que entender! Se você tivesse me contado, eu poderia ganhar o concurso...



- O que? – Rony a interrompe, agora é ele quem está gritando – você está me dizendo que entrou neste quarto como uma desvairada, me fazendo acusações por causa deste maldito concurso?



- Mi vida – a espanhola olha assustada para o marido, ela não esperava essa reação por parte do ruivo – você precisa entender que isso era importante pra mim...



- Isso era importante pra você? – Rony tenta controlar o tom da sua voz – a vida de duas pessoas sendo devastada por causa de um maldito concurso? É tudo o que importa?



- Onde usted vai? – a espanhola diz quando vê que ele está indo em direção à porta.



Mas Rony não responde, o último som que Pandora ouve é a porta batendo...



XXXXX



De volta à casa dos Potters



- E foi isso – Rony finaliza seu relato com um suspiro – dá pra acreditar? – ele pergunta enquanto segura a sua cabeça com as mãos - que com tudo que está acontecendo, a Pandora se preocupe com aquele maldito concurso? Eu nunca pensei que ela fosse tão fútil e egoísta!



Gina olha para o irmão, ela nunca gostou muito da cunhada, por mais simpática que ela sempre tenha se mostrado. Para a ruiva é como se houvesse alguma coisa por trás, mas nesse momento a última coisa que passa por sua cabeça é falar algo desta natureza, não quando Rony parece tão chateado. Ela diria mais, talvez decepcionado seja a palavra certa.



- Rony – Harry diz depois de um olhar rápido para a esposa – você tem toda razão em estar chateado, mas você deve tentar ver o lado dela – ele completa ao ver os dois ruivos olharem para ele com cara de poucos amigos – deve ter alguma coisa por trás. Você é um cara decente, não iria se enganar tanto ao julgar uma pessoa.



- Não posso dizer que era no caráter dela que eu estava pensando quando nos casamos – ele diz sarcasticamente – mas você tem uma certa razão, eu preciso me acalmar antes de conversar com ela novamente – o ruivo parece meio sem jeito – será que eu poderia ficar por aqui um tempo? Eu sei que deveria ir para a toca, mas não quero responder as perguntas da minha mãe, pelo menos por enquanto.



- Claro – Gina e Harry dizem quase ao mesmo tempo. Eles sabem que o ruivo precisa de apoio agora e não de perguntas que fatalmente seus pais fariam.



- Você pode ficar o tempo que quiser – Gina diz – se acalme coloque a cabeça no lugar e só então decida o que fazer. Como o Harry disse, vocês precisam conversar como dois adultos, sem gritos ou discussão.



- Eu vou fazer isso em algum momento – o ruivo diz desanimado – mas não agora, eu preciso colocar a minha cabeça no lugar e pensar um pouco.



- Pois faça isso – Harry diz para o amigo – e seja qual foi a sua decisão, lembre-se que estamos aqui para apoiar.



- É isso que a família faz – a ruiva completa. Ela sorri ao ver o estômago do ruivo roncar ruidosamente, algumas coisas nunca mudam - vamos alimentar você agora. O resto a gente resolve depois...





NOTA DA AUTORA



Oi gente, depois de meses eu estou de volta! Muita coisa aconteceu e eu me sinto na obrigação de dar uma explicação, mesmo que eu saiba que alguns já nem estejam mais por aqui.



Vamos lá... Logo que iniciou o isolamento meu notebook deu pau, eu pensei que fosse uma coisa simples mas infelizmente não era. Eu levei para um amigo meu e ele demorou um bom tempo para descobrir o problema, eu não entendi direito o que era, mas o note teria que ser formatado (imaginem o desespero, e não eu não faço backup). Eu implorei para ele fazer o possível para salvar meus arquivos mas infelizmente nem tudo foi salvo, eu perdi todos os meus documentos e o pouco que ele conseguiu salvar estava corrompido. Conclusão, perdi todas as minhas fics em andamento e a fic nova que eu havia iniciado, assim como todos os meus arquivos do trabalho, as minhas aulas planejadas para o ano todo, meus e-books, imaginem a minha frustração!



Pra resumir eu tive que escrever tudo novamente, e como eu havia perdido também meus arquivos do trabalho estou tendo que refazê-los também, isso sem falar do desanimo que deu por ter perdido tudo.



Mas bola pra frente, né. Aqui está o novo capítulo, espero que tenham gostado e estejam certos que eu irei terminar a fic e que o próximo não irá demorar tanto tempo assim.



Bjos e até o próximo. E fiquem em casa!


Compartilhe!

anúncio

Comentários (1)

  • Renata Alvarenga

    Bem vinda devolta e sinto muito pelo seu computador... Pandora começando a se revelar??? Será que o Rony se enganou mesmo com a esposa? Deu peninha dele...

    2020-06-01
Você precisa estar logado para comentar. Faça Login.