Primeiro dia em Hogwarts



 Não sei muito bem o que deu em mim. Cheguei em Hogwarts esfomeada,com muita vontade de comer pudim. Fiz uma de abóbora,estava uma delícia. Infelizmente,não tinha com quem dividir,então coloquei meu capuz de leão-o meu preferido-e saí por aí oferecendo pudim. Não sou tímida,nenhum pouco,apenas novata e quero fazer amigos.



   Sem querer,bati de frente com um menino,pois sou muito desastrada e talvez um pouco avoada...



   -Me dá licença,sua bruxinha idiota!-Disse o menino que estava pegando seus livros do chão. Pareciam todos novos,tinham cheiro de livros novos. Mas infelizmente sujaram-se todos com pudim,percebo que ele começa a ficar vermelho. Fiquei com um pouco de medo...



   -Olha o que você fez com meus lindos livros novos!-Gritou,acho que quase toda Hogwarts ouviu.



   -Desculpe. Acidentes acontecem muito comigo...-Falo,ajudando-o a recolher os livros novos. Eu amo cheiro de livros novos pela mahã,mas minha mão ficou toda lambuzada de pudim.



   -Tenho nojo de gente como você,sangue misto.-Diz o menino,orgulhoso de si mesmo.-Eu sou sangue puro,sou muito raro.



   -Legal,gostaria de um pouco de pudim? Agora está meio que...hu...Despedaçado,mas ainda está comestível.



   Ele ri,do nada. Eu não entendi muito bem,sou meio devagar ao tentar entender as coisas...



   -Está falando sério,garota ridícula?-Ele fala rindo e quase chorando. Eu apenas aceno,pois acho que foi um não. Depois eu preciso fazer mais pudim.



   Eu vou para meu dormitório onde minhas colegas de quarto estavam desfazendo as malas. Depois de um tempo,tive minha primeira aula: A aula de poções. Foi com Severo Snape naquele calabouço velho e empoeirado... Deu até medo de oferecer pudim á ele. O professor Severo Snape é um homem misterioso que usa uma roupa típica daqueles personagens de terror dos anos 80,confesso que fiquei um pouco amedrontada. Ele falava muitas palavras difíceis... Tive até que levar um dicionário para traduzir o que ele falava.


Compartilhe!

anúncio

Comentários (0)

Não há comentários. Seja o primeiro!
Você precisa estar logado para comentar. Faça Login.